Notícias de eventos culturais, lançamentos etc.
 
Início
Tecnologia
Saúde
Negócios
Variedades
 
Contato
Indique
Incluir Notícia
Domingo, 26 de Maio de 2019
 

Otimistas para as vendas de fim de ano, confeiteiros buscam diferencial para aquecer a economia - 06/12/18

Indique - Contato - Compartilhar:


Único evento direcionado ao segmento no estado, Confeitar Minas reuniu chefs confeiteiros, doceiros e estudantes de gastronomia de todo o país em Belo Horizonte

Com o objetivo de promover negócios em confeitaria e ampliar oportunidades de geração de renda com a aproximação do Natal, o grupo de fomento ao empreendedorismo feminino 'Empreendendo no Lar Doce Lar' realizou no final de novembro, no Sesc Venda Nova, a segunda edição do Confeitar Minas, congresso direcionado a confeiteiros, estudantes de gastronomia, doceiros e demais interessados em confeitaria.

Cerda de 400 microempreendedores da confeitaria de todo o país conferiram a programação do evento que contou uma série de palestras, aulas e bate-papos com renomados especialistas visando se capacitar tanto em técnicas de produção de doces, bolos, sobremesas e demais alimentos confeitados, quanto no desenvolvimento de habilidades de negociação e vendas. Além da programação formativa, o evento contou com uma área de exposição, degustação e venda de produtos de confeitaria com preços especiais.

Segundo a idealizadora do Empreendendo no Lar Doce Lar e organizadora do Confeitar Minas, Dani Formigueiro, o a edição de 2018 superou todas as expectativas de público e de geração de negócios. “A resposta do público foi muito positiva. Recebemos pessoas de diversas partes do país e também do interior do estado que saíram daqui com o ânimo renovado e cheios de ideias para lucrar com as festas de fim de ano”, afirma. “Os expositores também relataram boas vendas e muitos deles já confirmaram presença na próxima edição da Confeitar Minas, agendada para fevereiro de 2019, com foco na geração de negócios na Páscoa”, adianta Dani.



Setor comemora crescimento

O setor de confeitaria chama a atenção no vasto mercado de gastronomia e food service. Não se sabe ao certo se ele conseguiu sobreviver bem à crise ou se destacou como o “salvador da pátria” de muitos após a mesma. A única certeza é que o aumento da procura por produtos de confeitaria tem impulsionado o mercado e novos negócios.

“O perfil do consumidor está mudando e a confeitaria entendeu o recado e também tem mudado para atender esse público”, afirma Dani. “Para o fim do ano, por exemplo, percebemos que os doces e bolos deram um salto de mera sobremesa e se tornaram produtos presenteáveis, personalizáveis e bastante procurados”, destaca Dani.

A expansão do setor de padarias e confeitarias é confirmada por números do setor. Nos últimos 10 anos, houve um salto na arrecadação anual de 40 para 90,3 bilhões de reais segundo dados do Instituto Tecnológico da Panificação, Alimentação e Confeitaria (ITPC). Para a próxima década, a expectativa segundo a Associação Brasileira da Industria de Panificação e Confeitaria (Abip) é de que o caminho seja de expansão das padarias e confeitarias gourmet, que têm mantido os números positivos com a crise por meio de investimentos em produtos de fabricação própria, mais gourmets e artesanais, ao invés de focar em revenda.

Com o sucesso dessa edição da Confeitar Minas, os organizadores já acertam os detalhes para novas edições. “Nosso evento nasceu com o objetivo de atender o empreendedor que, desde cedo, investiu em seu próprio negócio, aqueles que se tornaram empreendedores por questões de necessidade ou mudança de vida, e aqueles que aproveitam épocas sazonais para complementar a renda. Percebemos com o sucesso da Confeitar Minas que esses empreendedores não precisam mais sair do Estado para buscar informação atualizada e capacitação. Por outro lado, o evento jogou luz ao trabalho exemplar que muitos confeiteiros mineiros desenvolvem e que ainda não é reconhecido por aqui”, finaliza Dani.


Sobre o Empreendendo no Lar Doce Lar

Criado em 2016, o Empreendendo no Lar é formado por cerca de 300 mil pessoas e visa o fomento ao empreendedorismo feminino, com foco na geração de renda por meio da confeitaria. Liderado pela empreendedora Dani Formigueiro, o grupo desenvolve ações nas redes sociais e eventos presenciais de capacitação e network.



Indique esta notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Nome indicado

E-mails dos indicados (separados por vírgulas)

Mensagem (opcional)

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Entre em Contato com o responsável pela notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Voltar
Envie arquivos
Agenda

Copyright © 2008 JORNOW. Todos os direitos reservados