Início
Tecnologia
Saúde
Negócios
Variedades
 
Contato
Indique
Incluir Notícia
Sábado, 24 de Julho de 2021
 
Diego Barreto, CFO e Vice-Presidente de Estratégia do IFOOD, foi o convidado do Mentoring - evento promovido pelo LIDE Futuro Ribeirão Preto - divulgação
Diego Barreto, CFO e Vice-Presidente de Estratégia do IFOOD, foi o convidado do Mentoring - evento promovido pelo LIDE Futuro Ribeirão Preto - divulgação

Empresas da nova economia devem focar no comportamento - 10/06/21

Indique - Contato - Compartilhar:


A nova economia exige o envolvimento das empresas em busca de atributos e formas diferentes de mercado, capacidade de aprendizado e compreensão de comportamento. O apontamento foi feito por Diego Barreto, CFO e Vice-Presidente de Estratégia do IFOOD, nesta quarta-feira (09/06), durante a participação no Mentoring, evento promovido pelo LIDE Futuro de Ribeirão Preto, transmitido pela plataforma da organização exclusivamente para filiados.
De acordo com Barreto, um erro muito frequente é vincular o termo "nova economia" às startups e empresas de tecnologia. "A relação de nova economia remete muito às startups e empresas de tecnologia porque são empresas que saem do zero e estão preocupadas com atributos e formas diferentes do que estão no mercado. Isso ocorre porque a capacidade de aprendizado e de flexibilidade são atributos necessários para essa nova economia", explica o CFO do IFOOD.
Para alcançar esse patamar o executivo destaca que é importante saber trabalhar com as possibilidades e facilidades proporcionadas pelos meios tecnológicos disponíveis e que atendam a necessidade do seu negócio. "A tecnologia de terceiros não é ruim, já que é um conjunto de elementos e de conhecimentos para uma solução prática. No entanto, quando é possível desenvolver uma tecnologia proprietária, a empresa tem mais flexibilidade e habilidade que agregue valor. Comprar tecnologia não traz diferencial, por isso, a tecnologia proprietária é a melhor opção por estar à frente dos demais. A vantagem competitiva é desenvolvida pela própria empresa", diz.
Outro destaque visando explorar as oportunidades na nova economia envolve a compreensão das estruturas e da gestão de talentos, principalmente, considerando o perfil da nova geração.
"A diversidade e inclusão, por exemplo, são importantes para a nova economia. Não compreender isso é uma falha muito grande. Os grupos e as pessoas passaram a ter voz. O desafio é enorme na nova economia e você precisa descobrir novos talentos. Os programas de trainee das grandes empresas deixaram de atrair a nova geração, que está buscando oportunidades nas startups e em empresas de tecnologia. As novas formas de trabalho como o home-office permitem o acesso a mão de obra qualificada em qualquer lugar. É uma relação de respeito", conta Barreto.
O Mentoring é um evento promovido pelo LIDE FUTURO que tem como objetivo auxiliar e orientar os empresários em relação ao planejamento e análise do cenário de negócios visando medidas e estratégias eficazes para o fortalecimento de seu empreendimento.



Indique esta notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Nome indicado

E-mails dos indicados (separados por vírgulas)

Mensagem (opcional)

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Entre em Contato com o responsável pela notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Voltar
Agenda

Copyright © 2008 JORNOW. Todos os direitos reservados