Painel de notícias
 
Início
Tecnologia
Saúde
Negócios
Variedades
 
Contato
Indique
Incluir Notícia
Sábado, 25 de Maio de 2019
 
...
...

Mírian Fontana e Cordeiro de Sá participam do Bibliotecal nesta segunda-feira (18/2) - 18/02/19

Indique - Contato - Compartilhar:


Mais uma atividade do novo projeto da Fundação do Livro e Leitura em Ribeirão Preto acontece na Biblioteca Municipal Guilherme de Almeida, que fica na Casa da Cultura Juscelino Kubitschek (Auditório 2º andar), no Complexo Alto do São Bento. Cerca de 30 alunos da escola EMEF Dr. Faustino Jarruche participaram da atividade. O projeto começou no dia 13, com a com apresentação de intervenção do artista plástico Jair Correia e segue até março

Ribeirão Preto (SP), 18 de fevereiro de 2019 – Mais uma atividade do projeto Bibliotecal, realizado pela Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, aconteceu na manhã desta segunda-feira (18/2), na Secretaria Municipal da Cultura. Cerca de 30 alunos do 4º ano da EMEF Dr. Faustino Jarruche participaram da contação de história com a atriz Míriam Fontana, seguida de uma Roda de Conversa com o escritor Cordeiro de Sá, autor do livro “A Ema e o Sonho”. O Bibliotecal é realizado com o apoio do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

Segundo Alexandre Correa Martinelle, bibliotecário e responsável pela Biblioteca Guilherme de Almeida, espaço que também abriga o projeto com a visitação dos alunos após a contação de história, a proposta é incentivar cada vez mais os alunos a frequentarem a biblioteca – a única pública municipal que existe desde 1958 e conta um acervo de 23 mil livros. “Temos muitos livros de literatura e infantis. Nossa ideia é mostrar para os alunos que aqui também pode ser um local de entretenimento gratuito para toda a família”, disse.

Arthur da Silva Santos tem 9 anos e pela primeira vez, visitou a biblioteca. Ficou encantado com a quantidade de livros no local. Ele, que adora ler, chegou na atividade conhecendo a história que seria contada. Foi o que mais participou, fazendo perguntas e elogiando. “Foi muito legal conhecer aqui. A história que a tia contou é muito divertida. Quero vir mais vezes”. Já para a professora que acompanhou o grupo, Mainá Carolina Longo, este tipo de atividade estimula os alunos a conhecerem o universo da leitura. “São alunos que, culturalmente, não têm o hábito da leitura. E nossa proposta é exatamente esta: despertar a fantasia e o interesse pelos livros. Tenho certeza que após essa visita, alguns deles vão se apaixonar pelas histórias e até incentivar a família a ler”, destacou.

Cordeiro de Sá, o escritor da obra interpretada por Míriam Fontana participou de um bate-papo com as crianças após a contação. Todas, com várias curiosidades: “como é escrever um livro?”, “de onde vem a imaginação?”, “por que escrever livros para crianças?”. O bate-papo fluiu. Segundo Cordeiro de Sá, esse contato é muito importante, pois mostra para as crianças que o autor é de verdade. “É divertido ver as crianças olhando para sua obra, entendendo a história, contada de uma forma lúdica”.

O Bibliotecal tem como principal objetivo tornar a Biblioteca Municipal Guilherme de Almeida mais conhecida na cidade, de forma a aumentar o número de usuários do espaço e valorizar a literatura em bibliotecas municipais.

A agenda do projeto prevê atividades culturais como vivências com visita de estudantes à biblioteca com a oportunidade de retirar um livro para leitura, contação de histórias, oficinas, palestra e leituras dramáticas (realizadas pelos alunos do Senac). Nesta terça-feira (19/2), a história é Dani Down, de André Oliveira e Arnaldo Jr. e no dia 20, A Cor da Vida, de Semírames Paterno. O objetivo do projeto é unir a música e a contação de histórias, com escritores locais para dialogar com estudantes sobre os livros e a importância da leitura.

Sobre a Fundação – A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos. Trata-se de uma evolução da antiga Fundação Feira do Livro, criada em 2004, especialmente para realizar a Feira Nacional do Livro da cidade. Hoje, é considerada a segunda maior feira a céu aberto do país, realizada tradicionalmente no mês de junho.

Com uma trajetória sólida e projeção nacional e internacional, a entidade ganhou experiência e, atualmente, além da Feira, realiza muitos outros projetos ligados ao universo do livro e da leitura com calendário de atividade durante todo o ano. A Fundação se mantém com o apoio de mantenedores e patrocinadores, com recursos diretos e advindos das leis de incentivo, em especial do Pronac e do Proac.

Sobre a Biblioteca Municipal Guilherme de Almeida – Funciona no Complexo Cultural Alto do São Bento, um lugar propício a atividades culturais, que abriga a Secretaria da Cultura, o Teatro Municipal, o Teatro de Arena Jaime Zeiger. A Escola de Belas Artes Cândido Portinari e um jardim com esculturas de Bassano Vaccarini e de Thirso Cruz. A biblioteca faz referência ao poeta Guilherme de Almeida, que frequentou a Academia Brasileira de Letras e foi também advogado, jornalista e um elogiado tradutor. Nasceu em Campinas (1890) e faleceu em São Paulo (1969). Publicou 26 livros de poesia.


Informações para a Imprensa
Verbo Nostro Comunicação Planejada – (16) 3632-6202 / 3610-8659
Jornalistas responsáveis:
Luciana Grili (16) 99152 2707 (luciana@verbo.jor.br)
Valter Jossi Wagner (16) 99152 2700 (valter@verbo.jor.br)
Andrea Berzotti (16) 99138 6185 (andrea@verbo.jor.br)
Colaboração: Gabriel Todaro e Juliana Castro



Indique esta notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Nome indicado

E-mails dos indicados (separados por vírgulas)

Mensagem (opcional)

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Entre em Contato com o responsável pela notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Voltar
Envie arquivos
Agenda

Copyright © 2008 JORNOW. Todos os direitos reservados