Painel de notícias
 
Início
Tecnologia
Saúde
Negócios
Variedades
 
Contato
Indique
Incluir Notícia
Sábado, 25 de Maio de 2019
 
...
...

“Ler o mundo é essencial: impresso ou digital” é tema de palestra do projeto Bibliotecal, em Ribeirão Preto - 18/02/19

Indique - Contato - Compartilhar:


Atividade aberta e gratuita acontece na próxima terça-feira (19), às 19h, no Auditório da Biblioteca Guilherme de Almeida, na Casa da Cultura Juscelino Kubitschek (Auditório Segundo Andar), que fica no Complexo Alto do São Bento


Ribeirão Preto (SP), 18 de fevereiro de 2019 – Nesta terça-feira (19), às 19h, será realizada a palestra Ler o mundo é essencial: impresso ou digital, com a jornalista Adriana Silva, vice-presidente da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto. O evento acontece na Biblioteca Guilherme de Almeida, que fica na Casa da Cultura Juscelino Kubitschek – (Auditório Segundo Andar) e faz parte da agenda cultural do Bibliotecal, que começou no último dia 13 e encerra no dia 18 de março.

A palestra foi criada quando a Fundação lançou o slogan “Ler o mundo é essencial” e já foi apresentada em escolas da cidade, com o objetivo de despertar no público o interesse pela leitura. Em sua abordagem, a palestrante utiliza algumas referências literárias e trechos de poetas, livros e filmes, para impactar os ouvintes sobre a importância que o simples ato de ler um livro tem na vida de uma pessoa.

A jornalista avalia que quem consegue fazer a leitura do mundo, consegue responder mais rapidamente a questões que são pessoais e, consegue enxergar mais longe, como se a literatura permitisse voos mais altos. “Quem voa mais longe, como já diz Fernão Capelo Gaivota (romance de Richard Bach), enxerga mais longe”, cita.

Adriana conta que, num primeiro, a palestra ficou focada nos livros impressos, mas em função da demanda do projeto Bibliotecal, ela percebeu a necessidade de fazer uma intersecção com o meio digital como atrativo para a leitura. “Se ler o mundo é essencial, quanto mais eu leio – independente do canal - é melhor, pois expande a minha visão, a minha possibilidade de fazer o que nós chamamos de ideação”.

Ela explica que ideação é aquele movimento em que uma pessoa reage diante de um problema e articula uma série de possibilidades para resolvê-lo. “Quando tenho uma bagagem cultural, se minha primeira ideação não der certo, eu consigo reformular, fazer outra vez, consigo encontrar outras saídas, mas quando a minha ideação é muito restrita eu posso ter dificuldades para resolver o problema”, comenta.

Na ótica da jornalista, para se ter uma ideação avançada é preciso ter uma leitura de mundo ampliada e ainda destaca “a literatura é um instrumento necessário neste processo”.

Outro objetivo do evento é mostrar ao público participante que, mesmo quem enfrenta questões restritivas ao acesso à literatura, seja pelos preços dos livros ou pela dificuldade de encontrar literatura, conta hoje com o canal digital para ampliar sua visão de mundo.

O projeto
O Bibliotecal tem como principal objetivo tornar a Biblioteca Municipal Guilherme de Almeida mais conhecida na cidade, de forma a aumentar o número de usuários do espaço e valorizar a literatura em bibliotecas municipais. Além de incentivar a leitura e ampliar a formação de leitores na cidade, o projeto cultural é vencedor do ProAC Editais, com apoio do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, e com parceria entre a Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto. O espaço fica na Biblioteca Municipal Guilherme de Almeida, localizada no Complexo Cultural Alto do São Bento, na Casa da Cultura, em Ribeirão Preto.

A agenda do projeto prevê atividades culturais como vivências com visita de estudantes à biblioteca com a oportunidade de retirar um livro para leitura, contação de histórias, oficinas, palestra e leituras dramáticas (realizadas pelos alunos do Senac).

Também estão previstas para o dia 27, às 15h, leituras dramáticas realizadas por alunos do curso técnico de Teatro do Senac. As obras escolhidas pertencem ao acervo da biblioteca. Todas as atividades são gratuitas e serão realizadas na Casa da Cultura Juscelino Kubitschek, onde está localizada a Biblioteca.

Serviço
O que: Palestra Ler o Mundo é essencial: impresso ou digital - com a jornalista Adriana Silva
Data: 19 de fevereiro
Horário: 19h
Local: Biblioteca Guilherme de Almeida na Casa da Cultura Juscelino Kubitschek - Auditório 2° Andar - Complexo Alto do São Bento

Sobre Adriana Silva
Pós-doutora em Administração das Organizações, com ênfase em Políticas Públicas na área de Cultura – gestão de redes, na FEA-USP (2015). Pós-doutoranda em Educação (2018-2019) Unicamp. Doutora em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (2011), Mestre em Educação pelo Centro Universitário Moura Lacerda (2004) e graduada em Comunicação Social – Jornalismo pela Universidade de Ribeirão Preto (1992). É vice-presidente da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto. Vice-presidente e pesquisadora do IPCCIC – Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais e diretora geral do Instituto Ribeirão 2030. Atua como consultora em gestão pública na área de Cultura, Educação e Comunicação pela Quanta Consultoria e Projetos. Foi consultora da Unesco a Serviço do Minc. Foi Secretária da Cultura do município de Ribeirão Preto, de 2009 a 2012. É Documentarista. Autora do livro “Mudar o mundo a partir das cidades: a busca pela sociedade 4.0 (2015) e outros 12 títulos em parceria, nas áreas de identidades culturais e três romances.

Sobre a Fundação
A Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto é uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos. Trata-se de uma evolução da antiga Fundação Feira do Livro, criada em 2004, especialmente para realizar a Feira Nacional do Livro da cidade. Hoje, é considerada a segunda maior feira a céu aberto do país, realizada tradicionalmente no mês de junho.
Com uma trajetória sólida e projeção nacional e internacional, a entidade ganhou experiência e, atualmente, além da Feira, realiza muitos outros projetos ligados ao universo do livro e da leitura com calendário de atividade durante todo o ano. A Fundação se mantém com o apoio de mantenedores e patrocinadores, com recursos diretos e advindos das leis de incentivo, em especial do Pronac e do Proac.

Sobre a Biblioteca Municipal Guilherme de Almeida
Funciona no Complexo Cultural Alto do São Bento, um lugar propício a atividades culturais, que abriga a Secretaria da Cultura, o Teatro Municipal, o Teatro de Arena Jaime Zeiger. A Escola de Belas Artes Cândido Portinari e um jardim com esculturas de Bassano Vaccarini e de Thirso Cruz. A biblioteca faz referência ao poeta Guilherme de Almeida, que frequentou a Academia Brasileira de Letras e foi também advogado, jornalista e um elogiado tradutor. Nasceu em Campinas (1890) e faleceu em São Paulo (1969). Publicou 26 livros de poesia.

Informações para a Imprensa
Verbo Nostro Comunicação Planejada – (16) 3632-6202 / 3610-8659
Jornalistas responsáveis:
Luciana Grili (16) 99152 2707 (luciana@verbo.jor.br)
Valter Jossi Wagner (16) 99152 2700 (valter@verbo.jor.br)
Andrea Berzotti (16) 99138 6185 (andrea@verbo.jor.br)
Colaboração: Gabriel Todaro e Juliana Castro (redacao@verbo.jor.br)



Indique esta notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Nome indicado

E-mails dos indicados (separados por vírgulas)

Mensagem (opcional)

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Entre em Contato com o responsável pela notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Voltar
Envie arquivos
Agenda

Copyright © 2008 JORNOW. Todos os direitos reservados