Início
Tecnologia
Saúde
Negócios
Variedades
 
Contato
Indique
Incluir Notícia
Quinta-Feira, 29 de Outubro de 2020
 
...
...

Como identificar uma fratura - 30/07/20

Indique - Contato - Compartilhar:


Sofrer lesões faz parte da vida de qualquer indivíduo, na hora de praticar um esporte, ou realizar um exercício, é necessário ter cuidado. Quando a lesão acontece é importante saber diferenciar os tipos e graus do ferimento, o que pode ajudar na hora de buscar o tratamento adequado e até salvar uma vida.
O ortopedista Daniel Carvalho explica, “Muitas vezes pode ser difícil determinar se houve ou não uma fratura, já que várias lesões apresentam sintomas parecidos”.

A fratura é caracterizada pela perda da continuidade óssea. Mesmo que os ossos tenham uma certa flexibilidade, quando esta vai além do limite ou quando o osso é dobrado de forma abrupta, ele pode fraturar. 

Quando a lesão acontece, o individuo pode sentir dor, inchaço na região, presença de hematomas, dormência e formigamento da área, diferença de temperatura entre o local machucado e o resto do corpo  e a incapacidade do funcionamento normal da parte  afetada

Existem vários tipos de fraturas: A estável, quando o osso quebra, mas as suas pontas continuam alinhadas;
A exposta: que acontece quando o osso acaba perfurando a pele e tem contato com o meio externo;
A por estresse: que acontece quando o osso do indivíduo vai sofrendo microtraumas de repetição e acaba rompendo parte do do mesmo;
As complicadas: quando a lesão afeta outras estruturas fora o osso, como nervos, músculos ou vasos sanguíneos.

Quando uma fratura ocorre, não é indicado de forma alguma tentar colocar o osso ou o membro no lugar, além de ser extremamente doloroso, pode acarretar em outros danos. Procurar ajuda médica é o correto, assim a lesão será corretamente tratada.

O tratamento varia de acordo com cada lesão, normalmente o osso será imobilizado por um gesso até se curar. Em casos mais graves, placas de metal e parafusos aplicados internamente também são utilizados.

Uma curiosidade, "As fraturas dos braços, antebraços e clavículas são as mais comuns, ao contrário das fraturas nas pernas que são mais raras, por estes ossos serem mais resistentes", finaliza o Dr. Daniel.

Serviço: Dr. Daniel Carvalho
Ortopedia do Esporte
(41) 30266959 e WhatsApp (41) 97020013
@drdanielcarvalhoesporte
http://www.ortopediadoesporte.com.br
Endereço: Av. Sete de Setembro, 6496 – Seminário, Curitiba, PR.



Indique esta notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Nome indicado

E-mails dos indicados (separados por vírgulas)

Mensagem (opcional)

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Entre em Contato com o responsável pela notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Voltar
Agenda

Copyright © 2008 JORNOW. Todos os direitos reservados