Painel de notícias
 
Início
Tecnologia
Saúde
Negócios
Variedades
 
Contato
Indique
Incluir Notícia
Domingo, 15 de Dezembro de 2019
 
Imagem de Pettycon por Pixabay
Imagem de Pettycon por Pixabay

Check Point amplia a liderança em segurança na nuvem com nova aquisição de empresa em menos de um mês - 03/12/19

Indique - Contato - Compartilhar:


A aquisição da Protego, uma empresa pioneira em tecnologia sem servidor (serveless), pela Check Point, expande ainda mais a plataforma CloudGuard e a arquitetura Infinity para proteger as cargas de trabalho na nuvem dos ciberataques de 6ª. geração. Esta aquisição acontece em menos de um mês de outra compra realizada pela Check Point, a da Cymplify, startup de tecnologia de segurança de dispositivos IoT.

A Check Point® Software Technologies Ltd. (NASDAQ: CHKP), fornecedor global líder em soluções de cibersegurança, anuncia a aquisição da Protego, uma nova empresa de tecnologia de segurança sem servidor (serveless). Com essa aquisição, a Check Point se torna o primeiro fornecedor do setor a ter uma solução consolidada de segurança para proteção de carga de trabalho em nuvem (CWPP - Cloud Workload Protection Platform) e gerenciamento de postura de segurança (CSPM - Cloud Security Posture Management), oferecendo segurança serveless contínua com ampla proteção em tempo de execução e de aplicativos.

A Protego provê uma tecnologia de segurança serveless que impede ataques maliciosos a funções sem servidor em tempo de execução e evita que códigos vulneráveis sejam implementados na produção.

A rápida adoção de tecnologias de computação serveless, como o AWS Lambda, está desafiando os paradigmas existentes de segurança de nuvem e aplicativos. A mudança para aplicativos nativos da nuvem possui muitas vulnerabilidades inerentes e possíveis erros de configuração que exigem a extensão da solução de segurança para proteger funções e códigos.

A Check Point integrará essa inovadora tecnologia de segurança sem servidor em sua arquitetura Infinity, a solução de segurança consolidada líder de mercado para dar suporte aos ambientes de redes, dispositivos móveis, endpoints (terminais), IoT e nuvem.

A plataforma Check Point CloudGuard fornece segurança na nuvem consistente e abrangente para todos os ativos em ambientes públicos, privados, híbridos ou de múltiplas nuvens. A solução agora é estendida com segurança serveless, fornecendo ao CISO visibilidade total, controle e cobertura de segurança completa de toda a propriedade sem servidor com apenas um clique de um botão. A tecnologia da Protego integra-se imediatamente ao conjunto mais amplo de estruturas de CI (Continuous Integration) / CD (Continuous Delivery) para que as equipes de DevOps garantam que apenas as funções compatíveis sejam implementadas na produção. Além disso, os clientes valorizam a nova tecnologia por seus recursos inovadores de proteção IAM (Identity & Access Management) e impacto mínimo no desempenho, protegendo ambientes de tempo de execução sem servidor.

A transação da aquisição da Protego pela Check Point deverá ser encerrada no quarto trimestre de 2019 e a tecnologia será integrada à arquitetura Infinity no primeiro trimestre de 2020.



Indique esta notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Nome indicado

E-mails dos indicados (separados por vírgulas)

Mensagem (opcional)

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Entre em Contato com o responsável pela notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Voltar
Envie arquivos
Agenda

Copyright © 2008 JORNOW. Todos os direitos reservados