Início
Tecnologia
Saúde
Negócios
Variedades
 
Contato
Indique
Incluir Notícia
Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020
 
...
...

Geração 3D: o que podemos aprender com ela? - 05/08/20

Indique - Contato - Compartilhar:


Já ouviu falar da geração 3D? São os que possuem dedicação, desprendimento e diferenciação. A geração que traz uma quantidade enorme de lições para a vida profissional e pessoal.

“Esse é outro nome para os Baby Boomers, os nascidos entre 1946 e 1964, que, a despeito da idade, possuem uma bagagem imensa de experiência, conhecimento técnico e humano, sabedoria, equilíbrio, bom senso e espírito empreendedor. São os modelos que os novos pioneiros devem ter como fonte de inspiração”, conta Penha Pereira, economista e Master Coach.

Pessoas da geração 3D têm uma grande bagagem de conhecimentos, são Mestres e, através de suas qualidades, possuem um arsenal enorme de lições a quem deseja ousar por caminhos novos e desconhecidos. Infelizmente, muitas corporações parecem não enxergar essas qualidades e o potencial de empreendimento que essas pessoas poderiam trazer para as Instituições.

Através de sua história e qualidades, a especialista afirma que é possível aprender diversas lições:

Lição 1: o empreendedor tem que ser dedicado a seu projeto, realizando-o com amor e fazendo com que ele seja transmitido! Quando há essa distribuição generosa, todos à volta do empreendedor são beneficiados e estimulados a replicarem o aprendizado! Uma ideia útil e transformadora precisa necessariamente ser colocada à disposição da comunidade para que haja efetivo desenvolvimento.

Lição 2: o empreendedor precisa entender que guardar para si seu projeto não transforma ninguém e desta forma seu objetivo de crescimento fica aquém do sonhado. O profissional que pretende criar um negócio que lida com pessoas precisa tomar cuidado com as abordagens, que será uma grande sacada para tornar fiel um cliente, por exemplo

Lição 3: o empreendedor precisa respeitar para se diferenciar dos demais, pois, quando uma pessoa se sente respeitada e acolhida, ela jamais deixará de procurar pelos serviços de quem a respeita e a entende.

Lição 4: o empreendedor não pode ter medo do medo. Ele existe para nos dar capacidade de dosar corretamente a busca de nossos sonhos. Deve aliar-se à paciência para saber aguardar o momento certo e ter sustentação para refazer etapas.

Lição 5: o empreendedor não pode agarrar-se ao que sabe e não pode ser ganancioso. Precisa cultivar a atitude do altruísmo quanto ao conhecimento, para que, ao passá-lo de forma transparente, crie condições de multiplicá-lo. Gerando valor agregado permitirá que pessoas ao recebê-lo possam ter novas ideias a respeito, lapidando-o e o tornando maior.

Lição 6: o profissional empreendedor de negócio próprio ou corporativo precisa ter hoje, além de suas habilidades técnicas, o que chamamos “soft skills”, ou seja, atitudes e comportamentos que façam com que o novo profissional esteja em harmonia com seu ambiente de trabalho, com as pessoas de seu convívio social (não somente no trabalho) e com o meio ambiente!

“Não existem pessoas ‘velhas’, existem profissionais de talento, dispostos a dar seu melhor para que as gerações que os seguem, entendam o que realmente leva uma pessoa a atingir o sucesso verdadeiro”, finaliza Penha.

Penha Pereira

Economista, Master Coach e gestora de carreira

mariadapenhaapereira@gmail.com

http://www.linkedin.com/in/mariadapenhapereira



Indique esta notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Nome indicado

E-mails dos indicados (separados por vírgulas)

Mensagem (opcional)

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Entre em Contato com o responsável pela notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Voltar
Agenda

Copyright © 2008 JORNOW. Todos os direitos reservados